Arquivar junho 2017

IrfanView agora está disponível na Windows Store

IrfanView no Windows 10:

O popular IrfanView agora está disponível para download na Windows Store do Windows 10 como um aplicativo convertido via Desktop Bridge (Desktop App Converter).

Para quem não sabe, o software é um visualizador, editor e conversor de imagens gratuito que suporta múltiplos formatos.

Entre os formatos suportados por ele estão o BMP, DIB, JPEG, GIF, PNG, PCX, TIFF e TGA. Ele também suporta arquivos de vídeo como AVI, MP4, MKV, M2TS e MPG.

O aplicativo está disponível para download em múltiplos idiomas e mais informações sobre ele podem ser encontradas em seu site oficial.

A versão oferecida na loja é a 4.44, que também é a mais recente para desktops.

IrfanView no Windows 10:

IrfanView no Windows 10:

IrfanView no Windows 10:

Erros no código do ransomware WannaCrypt podem facilitar a recuperação dos arquivos

Erros no código do ransomware WannaCrypt podem facilitar a recuperação dos arquivos

Erros no código do ransomware WannaCrypt podem facilitar a recuperação dos arquivos

De acordo com informações da Kaspersky Lab, erros no código do ransomware WannaCrypt (ou WannaCry) podem facilitar a recuperação dos arquivos bloqueados por ele.
Erros no código do ransomware WannaCrypt podem facilitar a recuperação dos arquivos.

Uma equipe de pesquisadores de segurança da empresa descobriu uma grande quantidade de erros no código do ransomware, que infectou computadores de empresas e hospitais no mundo todo no início deste mês.

Alguns dos erros encontrados possibilitam a recuperação dos arquivos com ferramentas já disponíveis publicamente, como a WanaKiwi e a WannaKey.

Um exemplo é o erro no mecanismo de processamento de arquivos com atributo “somente leitura” do ransomware que faz com que em alguns casos os arquivos com este atributo não sejam bloqueados por ele. Por causa deste erro, o ransomware acaba criando e bloqueando cópias dos arquivos ao invés de bloquear os originais, que por sua vez recebem o atributo “oculto” – que é bem simples de ser removido. O ransomware é incapaz de apagar os arquivos originais.

O trabalho da equipe da Kaspersky pode ajudar empresas que foram infectadas pelo ransomware WannaCrypt, mas o método de restauração tem seus limites.

Se o arquivo estiver em uma pasta considerada como “importante”, como a pasta Documentos do Windows, o original será substituído por outro com dados aleatórios antes da remoção. Neste caso, a recuperação do original sem pagar o resgate para os criminosos é praticamente impossível.

Se os arquivos estiverem armazenados em outro local, a chance de recuperação é um pouco maior. Neste caso os originais serão movidos para %TEMP%\%d.WNCRYT (onde %d é um valor numérico) e deletados. Com isso as chances de restaurar os originais usando uma ferramenta para recuperação de dados são muito maiores.

Fonte: https://www.baboo.com.br/seguranca/erros-no-codigo-do-ransomware-wannacrypt-podem-facilitar-a-recuperacao-dos-arquivos/